Gestão de pessoas: quais erros afetam a motivação dos colaboradores?

Gestão de pessoas: quais erros afetam a motivação dos colaboradores?

Realizar a gestão de pessoas nas instituições empresariais tem sido um avanço muito significativo para o mercado. Antes, essa estratégia era vista como algo irrelevante e deixada em segundo plano. Entretanto, nos dias atuais essa concepção mudou e, consequentemente, contribuiu para o sucesso das empresas.

Independentemente do porte da empresa, é imprescindível ter uma gestão de pessoas eficaz, pois será por meio dessa ferramenta que o empreendedor conseguirá engajar, motivar e qualificar perfeitamente os seus funcionários. Com isso, a organização terá melhorias na competitividade com outras empresas, além de aumentar o faturamento financeiro.

Porém, para realizar a gestão de forma correta e com baixas chances de erros, é necessário atentar para alguns pontos relevantes. Pensando nisso, preparamos este post para melhorar a sua compreensão sobre o assunto. Continue a leitura e confira!

Por que a gestão de pessoas é tão importante?

Uma instituição empresarial é formada por pessoas com idades, formações e costumes diferentes. Alguns funcionários têm facilidade em trabalhar bem em equipe, ao passo que outros podem ter uma certa dificuldade, sendo esse fator uma meta desafiadora.

Nota-se, então, que a variedade de personalidades exige uma boa gestão de pessoas. Dessa forma, saber gerenciar todas as diferenças e desenvolver um alinhamento para cada funcionário é, sem dúvida, uma tarefa que exige esforços.

Essa prática tem como objetivo acompanhar e administrar o comportamento dos funcionários. Fazendo isso, será possível criar um engajamento maior dos colaboradores, aumentar a motivação e a produtividade da equipe e, por fim, proporcionar um bem-estar corporativo. Isso é, sem dúvidas, o desejo de qualquer empresário, não é mesmo?

Além disso, essa prática é imprescindível para que as empresas consigam atingir as suas metas, independentemente do porte, da área em que atuam ou do modelo organizacional. Ademais, essa ferramenta objetiva a organização e a adequação às leis trabalhistas e exigências corporativas.

No entanto, por mais que pareça ser algo inatingível, é possível sim realizar a gestão, proporcionando melhorias e, dessa forma, atingindo as metas buscadas a curto prazo.

Quais as vantagens de uma gestão de pessoas eficiente?

Uma eficaz gestão de pessoas gera inúmeras vantagens à corporação, agregando fatores cruciais para um bom desenvolvimento da empresa. Veja algumas delas, a seguir.

Aumento da produtividade e da motivação

A produtividade de qualquer instituição está intimamente ligada à motivação da equipe que forma a corporação. Esse fato pode ser desenvolvido com uma orientação da gestão ao funcionário, direcionando quais ferramentas serão viáveis para a resolução das atividades.

Essa prática evitará perdas de tempo que estão sempre causando retrocessos e transtornos nas empresas, com obstáculos irrelevantes ou com tarefas secundárias. Além disso, a gestão capacita o funcionário de acordo com as exigências da corporação, melhorando o desempenho técnico e, com efeito, ele conseguirá produzir o que for pedido em menos tempo e com menores perdas de recursos.

Vale ressaltar que o trabalho do gestor é um dos mais relevantes para que a gestão possa ser desenvolvida de maneira correta. Por isso, é necessário que o profissional tenha habilidades e facilidades com liderança, para que consiga motivar toda a equipe e fazer um bom trabalho.

Além disso, é preciso que o gestor estabeleça uma comunicação frequente, forneça feedbacks e mostre à equipe a importância de estarem sempre unidos. Realizando isso, o aumento da produtividade será considerável, o que contribuirá para um excelente destaque no mercado atual.

Melhoria do ambiente de trabalho

A gestão proporciona um clima organizacional e é esse o fator que melhora significativamente a administração pessoal de cada funcionário. A adoção de bons métodos no ambiente de trabalho aumenta a sensação de pertencimento àquele lugar, demonstrando a importância que cada um tem e o quanto as suas práticas interferem para que a empresa alcance os objetivos almejados.

Com esse sentimento de ser realmente importante para o trabalho, o funcionário tende a causar menos conflitos entre ele e o gestor. Além do mais, esse benéfico fator gera uma certa motivação, além de uma alta qualidade de convivência entre toda a equipe.

Uma das vias mais eficazes para produzir um ambiente de trabalho agradável é a pesquisa de clima organizacional. Ela proporciona que a equipe de RH escute a opinião de todos os funcionários, verifique os dados, busque a correção do que está inadequado e, como consequência, desenvolva melhorias.

Desenvolvimento dos funcionários

Essa prática é indispensável para o desenvolvimento de qualquer tipo de negócio. Sendo assim, estar ciente de que o investimento nos funcionários é muito importante para melhorias de performance fará com que a sua empresa ganhe pontos positivos no mercado.

No entanto, esse aperfeiçoamento não é uma tarefa fácil, uma vez que exige métodos especializados e eficazes para a sua realização. Entre eles estão: a análise dos objetivos e metas da instituição empresarial, as exigências do colaborador, os pontos que estão bons e quais precisam ser melhorados, entre outros.

Colocando isso em prática, será possível criar um projeto de capacitação eficaz, direcionado tanto para a equipe quanto para o gestor, e investir em programas e cursos profissionalizantes que proporcionem os resultados almejados. Entre os resultados vale ressaltar as melhorias na habilidade para negociações, no gerenciamento do tempo e no aumento da eficiência produtiva.

Por fim, é válido pontuar que esse desenvolvimento deve ser realizado periodicamente, buscando sempre a manutenção da gestão, fator primordial para a evolução de uma empresa.

Alinhamento dos objetivos empresariais

Inúmeras corporações sempre desejam obter bons resultados nos seus projetos e nas suas ações, no entanto, muitas vezes não os conseguem. Isso pode ocorrer devido a inúmeros fatores, por exemplo, a falta de conhecimento sobre quais metas desejam atingir.

O déficit de alinhamento e planejamento é algo que precisa ser corrigido por toda a equipe de RH e vale destacar os que estão na área de gestão de pessoas. Investindo, então, em projetos de comunicação, reuniões internas, feedbacks e movimentos de integração entre os funcionários, a corporação obterá uma melhoria significativa no engajamento da equipe.

É de suma importância que os funcionários saibam o que se espera das suas práticas diárias. Por meio desse alinhamento, os objetivos organizacionais e pessoais trilharão a mesma caminhada, impulsionando a equipe a alcançar as suas metas.

Como a gestão de pessoas pode afetar a motivação dos colaboradores?

Uma empresa sem gestão de pessoas proporciona baixa motivação e baixo incentivo à prática das atividades dos funcionários, o que resulta em pouca produtividade. Logo, toda corporação depende do comprometimento dos colaboradores que nela trabalham.

Se um gestor estiver pouco motivado, ele desencadeará baixos rendimentos e poderá ser demitido a qualquer momento. Portanto, não é isso o que as instituições empresariais querem.

Ficar contratando e demitindo pessoas a todo instante não é algo viável, pois isso gera altos custos para as companhias, devido, principalmente, aos altos impostos que o país exige. Sendo assim, elas devem sempre optar por funcionários motivados, para que consigam alcançar as suas metas e estabelecer certa solidez na empresa.

Para realizar isso de maneira eficaz, é necessário que o setor de gestão analise e compreenda o que provoca a motivação na sua equipe, bem como o que a faz permanecer nela. Exemplos são os incentivos financeiros, o objetivo da corporação, os desafios no serviço, o crescimento na carreira, entre outros fatores. Devido à existência de diversos meios motivadores, cada indivíduo reage de uma determinada forma.

Corporações que praticam uma gestão de pessoas eficaz têm seus propósitos estabelecidos, tanto na parte administrativa quanto na financeira. Os processos seletivos para fazer parte da empresa são bem direcionados e exigentes, logo, quem consegue passar por essa fase, já consegue ser reconhecido e bem colocado na empresa. Mesmo com essa tática, os feedbacks frequentes são sempre necessários, buscando várias melhorias.

Quais os principais erros na gestão de pessoas?

Inúmeros são os erros na gestão de pessoas. Sendo assim, destacaremos os principais.

Supor que os colaboradores nunca vão sair da empresa

Um dos erros que mais causam prejuízos é supor que os seus funcionários mais aptos nunca sairão da sua corporação. Vale pontuar que o colaborador que é induzido a desafios diários, que está envolvido na empresa e que é motivado periodicamente, tanto na questão financeira quanto emocional, dificilmente pedirá demissão do trabalho.

Diante disso, é muito significativo que a gestão de pessoas desenvolva o aperfeiçoamento das habilidades de toda a equipe, para que, então, ela possa se sentir presente e sentir que é relevante para o andamento da corporação.

Falta de treinamento e desenvolvimento

Contratar os melhores gestores e funcionários não é suficiente para garantir o sucesso da empresa. Após realizar as contratações, é preciso realizar treinamentos profissionalizantes e um bom desenvolvimento na equipe.

Por isso, desenvolver um projeto de treinamento e desenvolvimento, acompanhando, supervisionando e prestando auxílio à equipe para o que for preciso, proporcionará um ambiente de aprendizado e um crescimento notório.

Gestores e funcionários que não têm oportunidades de crescer profissionalmente na empresa, não apenas no quesito do aumento do nível de cargo que ocupa, mas também no quesito de aumentar o conhecimento dentro da companhia, podem se sentir desmotivados e buscar empregos nos seus concorrentes.

Vê-se, dessa forma, que a dedicação a esse fator, orientando e treinando a sua equipe, exige um alto grau de comprometimento e responsabilidade. No entanto, esse esforço valerá muito a pena, pois funcionários bem desenvolvidos são sinônimos de uma excelente gestão de pessoas.

Falhas de comunicação

Uma boa comunicação é fundamental. Um dos benefícios da realização da gestão de pessoas é se comunicar com antecedência e periodicamente com os funcionários, garantindo o alinhamento da companhia com as suas exigências.

Falhar nesse ponto gera inúmeros prejuízos, pois pode fazer com que informações errôneas se espalhem pela corporação, sem mesmo passar pela consciência do gestor.

Para solucionar isso, é preciso realizar reuniões individuais com cada um dos colaboradores, para que possa ser construído um relacionamento mais amigável e concreto, além de ser uma maneira de incentivar a confiança por toda a equipe.

Ouvir as opiniões e reclamações de todos que compõem a corporação é de suma importância, pois é assim que a empresa saberá quais pontos estão bons e quais devem ser melhorados.

Não reconhecer quando a equipe faz um bom trabalho

Com a gestão de pessoas, os seus colaboradores trabalharão da melhor maneira possível, realizando as tarefas de maneira correta e apta. Sendo assim, às vezes melhor do que receber altos salários é receber elogios das tarefas que foram prestadas eficientemente.

Esse reconhecimento proporciona ainda mais a vontade de continuar realizando as atividades de maneira eficaz. Por isso, fornecer o feedback é imprescindível: ao manter a equipe motivada, os objetivos serão alcançados a curto prazo. Demonstrar reconhecimento sobre um bom serviço prestado é crucial para desenvolver uma empresa de destaque no mercado global.

Não confiar na sua equipe

É importante criar uma cultura de confiança dentro da instituição. Com o estímulo do gestor, a equipe deverá assumir as responsabilidades que forem postas e, então, ele deverá confiar plenamente nos seus funcionários, de modo que eles possam se sentir seguros para executá-las.

Além do mais, fazendo isso, o colaborador terá a oportunidade de crescer e adquirir amadurecimento nos seus trabalhos, aumentando o incentivo e o engajamento na empresa. Ao proporcionar esse sentimento de liderança e posicionamento, a equipe vai ter a noção do quanto a sua ação é importante para o bom funcionamento da empresa.

Como fazer uma boa gestão de pessoas?

Para fazer uma boa gestão de pessoas é necessário tomar inúmeras medidas. Sendo assim, abaixo estão as principais a serem adotadas:

  • conheça a sua equipe;
  • delegue funções;
  • estimule um ambiente colaborativo e integrado;
  • estabeleça metas;
  • dê feedback;
  • realize treinamentos;
  • adote um bom veículo de comunicação interna.

Portanto, realizar a gestão de pessoas aleatoriamente não garante progresso. Esse processo deve ser realizado de forma minuciosa e correta. Adotando as práticas apontadas acima e evitando os erros expostos, a sua empresa atingirá todas as metas estipuladas, destacando-se notoriamente no mercado. Certamente, a tendência de progressão da empresa ao incorporar esses preceitos será crescente.

Gostou do nosso post sobre a gestão de pessoas de uma empresa? Então, fique por dentro de todas as nossas novidades. Basta curtir nossa página do Facebook!

Gostou do texto?

Deixe seu email e enviaremos todas as semanas novidades para você!

Confira também

IMPORTANTE: Devido ao grande número de perguntas similares no blog, estamos selecionando as melhores para responder. Sendo assim, sugerimos que você busque a resposta para a sua dúvida nos comentários antes de enviar sua pergunta. Obrigado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X Cadastre-se Faça seu cadastro e receba no seu email tudo sobre segurança no trabalho! Não enviaremos spam!