Clínica especializada em saúde ocupacional: o que é e como funciona?

Clínica especializada em saúde ocupacional: o que é e como funciona?

Uma clínica especializada em saúde ocupacional é um local destinado ao cuidado com a saúde do trabalhador. Isso quer dizer que clínicas nesse formato estão diretamente relacionadas à área de medicina do trabalho.

A medicina do trabalho, por sua vez, visa a prevenção e o cuidado de diferentes doenças, ocupacionais ou não, bem como a gestão de risco e de controle ambiental da empresa.

A atuação de uma clínica especializada em saúde ocupacional vai desde o momento da contratação do profissional, quando são solicitados os exames admissionais, passando pelos exames periódicos para acompanhar a saúde do colaborador contratado, até o exame demissional, caso esse saia da empresa.

Como você pôde ver até aqui, esse tipo de consultório é essencial para que uma empresa cuide adequadamente dos seus funcionários, condição que, inclusive, é determinada pela CLT, Consolidação das Leis Trabalhistas.

A dúvida que fica para muitas organizações é: o que vale mais a pena, ter uma clínica ocupacional própria ou terceirizar esse serviço?

Os pontos a serem avaliados para responder essa questão incluem o porte da empresa, quantidade de colaboradores que precisam ser atendidos, orçamento para montagem e contratação de profissionais da saúde, entre outros.

Neste artigo, você vai conferir, em detalhes, o que é uma clínica especializada em saúde ocupacional, como funciona, quais serviços são oferecidos, e qual a melhor opção para a sua empresa, a montagem de um local próprio ou a terceirização.

Confira!

O que é a clínica especializada em saúde ocupacional?

Como mencionamos anteriormente, uma clínica ocupacional, ou uma clínica de saúde ocupacional, é um consultório voltado para a atenção e para o cuidado com a saúde dos trabalhadores.

Esse tipo de consultório vai ao encontro do descrito no artigo 168 da CLT, o qual determina, entre outros pontos:

Art. 168 – Será obrigatório exame médico, por conta do empregador, nas condições estabelecidas neste artigo e nas instruções complementares a serem expedidas pelo Ministério do Trabalho: (Redação dada pela Lei nº 7.855, de 24.10.1989)

I – a admissão; (Incluído pela Lei nº 7.855, de 24.10.1989)

II – na demissão; (Incluído pela Lei nº 7.855, de 24.10.1989)

III – periodicamente. (Incluído pela Lei nº 7.855, de 24.10.1989)

Mas além de contribuir para o atendimento a uma determinação legal, uma clínica especializada em saúde ocupacional também está totalmente relacionada à medicina do trabalho.

A medicina do trabalho é uma área médica formada por um conjunto de determinações e normas específicas, criada com o objetivo de preservar a saúde física e mental dos colaboradores de uma empresa.

A ideia é prevenir doenças, sejam relacionadas com a função exercida, ou não. Somado a esse ponto, também cabe à medicina do trabalho o acompanhamento do estado de saúde dos profissionais, a fim de ajudar no diagnóstico precoce de diversas patologias, evitando, assim, agravos que podem comprometer seriamente a qualidade de vida dos profissionais.

Qual a importância da clínica especializada em saúde ocupacional para empresa e funcionários?

Qual a importância da clínica especializada em saúde ocupacional para empresa e funcionários?

O papel de uma clínica especializada em saúde ocupacional durante o tempo de atuação do profissional é importante e benéfica tanto para quem contrata quanto para quem é contratado.

Importância para as empresas

Do ponto de vista das empresas, esse modelo de consultório médico é o responsável por ajudar no atendimento das determinações da Consolidação das Leis Trabalhistas, a CLT.

Conforme citamos anteriormente, a CLT torna obrigatória a realização de exames médicos em dois distintos momentos da jornada do trabalhador, que são a admissão e a demissão, bem como para a realização de exames periódicos para acompanhamento do seu estado de saúde.

Mas além dessa responsabilidade, uma clínica desse formato também contribui para a retenção de talentos e para diminuir as taxas de turnover, uma vez que preserva a saúde dos profissionais e ajuda a evitar que desenvolvam doenças relacionadas à função que exercem.

Importância para os funcionários

Já no que diz respeito aos funcionários, a clínica especializada em saúde ocupacional contribui para aumentar a sensação de segurança, tranquilidade e de cuidado quanto ao desempenho das suas funções

Um dos motivos é que o colaborador realizará exames pertinentes à sua atividade de trabalho antes mesmo de começar a atuar na empresa. Isso colabora para que fique registrado em seu prontuário qual era a sua condição de saúde anterior ao seu início na empresa.

Considerando que periodicamente são realizados exames para acompanhar o seu estado de saúde, caso algum problema seja constatado pertinente à sua função, ele estará respaldado.

No entanto, é fundamental deixar claro que um dos principais objetivos de uma clínica especializada em saúde ocupacional é ajudar na prevenção de doenças para, dessa forma, contribuir para manter a qualidade de vida dos profissionais.

Assim, também cabe a esse setor criar e aplicar medidas que evitem que os profissionais da empresa fiquem doentes, especialmente quando as patologias estão relacionadas à função laboral executada. 

Como uma clínica especializada em saúde ocupacional funciona?

Na prática, uma clínica especializada em saúde ocupacional funciona com a atuação de diferentes profissionais de saúde, incluindo médicos, enfermeiros, auxiliares e técnicos em enfermagem.

Além desses cargos, pode ser necessária a atuação de pessoas voltadas para a área administrativa para realizar agendamento de consultas e exames, atendimento telefônico, controle e registro de resultados em prontuários etc.

Os profissionais atuantes em uma clínica especializada em saúde ocupacional, especialmente os da área da saúde, precisam considerar diferentes aspectos na hora de prestar atendimento a um trabalhador.

Tanto para o diagnóstico de doenças quanto para a definição de tratamentos ou encaminhamento, é preciso ponderar sobre a função exercida pelo colaborador, os aspectos ambientais, local de trabalho, aspectos sociais e regionais, grau de instrução do indivíduo, entre outros.

É importante destacar que uma clínica especializada em saúde ocupacional pode funcionar dentro da própria empresa, prática bastante comum nas que são de grande porte, ou terceirizada, o que é altamente recomendado para micro, pequenos e médios negócios.

Quais são os serviços oferecidos?

Os serviços oferecidos por uma clínica especializada em saúde ocupacional são todos os voltados para o cuidado e para a manutenção da saúde dos colaboradores, com foco no seu bem-estar e qualidade de vida.

Assim, nesses modelos de clínicas médicas, alguns exemplos de serviços que costumam ser realizados são:

  • solicitação de exames de admissão, demissão e exames periódicos;
  • solicitação de exames específicos, caso algo seja constatado na saúde do colaborador e requeira outras análises;
  • consulta médica para abertura dos exames solicitados, orientação e encaminhamento do profissional a um especialista, caso necessário;
  • acompanhamento médico de patologias relacionadas à atividade desempenhada pelo profissional;
  • aferição de pressão arterial;
  • curativos em casos de acidentes de trabalho leves.

Além desses, dependendo da clínica especializada em saúde ocupacional, também é possível encontrar serviços como:

  • ASO: Atestado de Saúde Ocupacional;
  • PCMSO: Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional;
  • PPRA: Programa de Prevenção de Riscos Ambientais;
  • PCA: Programa de Proteção Auditiva;
  • PPP: Perfil Profissiográfico Previdenciário.

A clínica especializada em saúde ocupacional também pode atuar em parceria com o setor de Recursos Humanos e desenvolver ações voltadas para a orientação e prevenção de doenças.

Por exemplo, é possível criar campanhas sobre a importância de manter hábitos saudáveis através de uma alimentação correta, esclarecer sobre obesidade, diabetes, tabagismo, consumo de drogas e álcool, saúde mental etc.

Outra abordagem diz respeito às ações nacionais de saúde, como o combate ao câncer de mama, que ganha mais destaque no Outubro Rosa, e do câncer de próstata, evidenciado no Novembro Azul.

A ideia é trabalhar em conjunto com o propósito promover saúde, bem-estar e qualidade de vida aos profissionais, o que também contribui para a empresa diminuir gastos e a alcançar mais e melhores resultados.

Vale a pena contratar uma clínica especializada em saúde ocupacional?

Vale a pena contratar uma clínica especializada em saúde ocupacional?

Respondendo essa pergunta de forma direta, sim, vale a pena contratar uma clínica especializada em saúde ocupacional, e os motivos são diversos.

O primeiro que se destaca é que montar esse tipo de consultório, voltado para a medicina do trabalho, requer uma série de medidas e cuidados, ainda que seja dentro da sua própria empresa.

Além da necessidade de contratar profissionais qualificados, como médicos, enfermeiros, técnicos e auxiliares, é preciso pensar e montar toda a infraestrutura. 

Esse processo de montagem inclui a aquisição de diferentes materiais, a exemplo de estetoscópios, itens para realização de curativos, itens para coleta de sangue, termômetros, produtos voltados para assepsia, e diversos outros.

Isso sem falar na aquisição de equipamentos, por exemplo, para realização de Eletrocardiograma (ECG), Eletroencefalograma (EEG) etc.

Tudo isso nos leva ao segundo motivo, que são os custos envolvidos em todo esse processo.

Aqui, é importante considerar que haverá gastos iniciais e também mensais para manter a clínica especializada em saúde ocupacional, que vai desde o pagamento de salário dos profissionais até reposição de materiais e manutenção de equipamentos.

Não que seja impossível ter uma clínica especializada em saúde ocupacional na própria empresa. Porém, essa é uma condição mais comum e indicada a grandes empresas, tais como as multinacionais.

Negócios menores se beneficiam muito mais com a terceirização desse modelo de clínica, visto que terão todos os serviços por um valor pré-definido, geralmente mensal. Isso isenta os gestores de se preocuparem com qualquer questão relacionada a essa necessidade.

Como encontrar a melhor opção para a sua empresa?

Como dissemos no início deste artigo, na hora de decidir sobre contratar ou não uma clínica especializada em saúde ocupacional, você deve considerar alguns fatores, tais como o porte do seu negócio e o número de funcionários que tem.

Aqui, é preciso destacar outra possibilidade quanto à parceria com esses modelos de consultório.

Muitas empresas não têm a necessidade de manter o contrato com uma clínica especializada em saúde ocupacional ativo todos os meses.

Isso porque o volume de contratações e demissões é baixo, resultando em poucos casos de exames para essas finalidades.

Assim, é muito mais indicado, quando há a necessidade de realizar os exames períodos, contratar a clínica especializada em saúde ocupacional somente para esse fim.

Seja qual for a sua necessidade, na hora de escolher quem cuidar lhe ajudar a cuidar da parte de medicina do trabalho do seu negócio, é bastante indicado que você considere pontos como:

  • tempo de atuação da clínica especializada em saúde ocupacional;
  • reputação que tem no mercado;
  • estrutura de atendimento;
  • serviços e exames oferecidos;
  • especialidades;
  • diferenciais, tais como exames in loco;
  • valores e prazos de contrato;
  • formas de pagamento.

Uma clínica especializada em saúde ocupacional vai muito além de apenas ajudar a sua empresa a atender às determinações legais.

Esse modelo de consultório é essencial para o cuidado com a saúde dos seus profissionais, com o objetivo de contribuir com a prevenção de uma série de doenças, bem como orientações para que tenham mais bem-estar e qualidade de vida.

Porém, dependendo do porte da empresa, ainda é comum que os empresários não considerem a importância dessa abordagem. 

Por isso, nossa dica é que você leia “Medicina do trabalho: pequenas empresas devem se preocupar?” e garanta ainda mais segurança para os seus funcionários e para a sua empresa.

Gostou do texto?

Deixe seu email e enviaremos todas as semanas novidades para você!

Confira também

IMPORTANTE: Devido ao grande número de perguntas similares no blog, estamos selecionando as melhores para responder. Sendo assim, sugerimos que você busque a resposta para a sua dúvida nos comentários antes de enviar sua pergunta. Obrigado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X Cadastre-se Faça seu cadastro e receba no seu email tudo sobre segurança no trabalho! Não enviaremos spam!