Como a medicina do trabalho pode aumentar a produtividade nas empresas

Como a medicina do trabalho pode aumentar a produtividade nas empresas

Um trabalhador doente é um trabalhador que não consegue trabalhar direito. Diante disso, nada mais plausível do que esperar que a medicina do trabalho tenha um impacto positivo sobre a produção e o rendimento de uma empresa.

Mas como isso acontece? Quais aspectos da medicina do trabalho realmente se refletem na produtividade do trabalhador? É o tema de que o post de hoje irá tratar.

Prevenção de acidentes

A identificação dos riscos presentes no local de trabalho, a elaboração do mapa de riscos, a execução do Programa de Prevenção do Riscos Ambientais (PPRA) e o uso de equipamentos de proteção individual (EPI) são as principais medidas que visam prevenir a ocorrência de algum acidente de trabalho.

Com a redução do número de acidentes, o processo de trabalho flui melhor, já que há menos afastamentos e substitutos e todos os trabalhadores estarão aptos e capacitados para as tarefas.

Concentração do trabalho na produção

A ocorrência de um acidente implica uma série de medidas. Além da prestação de serviço médico imediata, a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) em conjunto com o Serviço Especializado em Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT) deve iniciar uma investigação sobre como ocorreu o acidente, por que ele ocorreu e como é possível evitar que o mesmo se repita, emitindo também uma Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT) — documento que oficializa a ocorrência do acidente e deve ser encaminhado ao INSS durante a perícia médica do acidentado e ao sindicato do trabalhador.

Se nenhum acidente ocorre, por outro lado, nenhuma mão de obra precisa ser mobilizada para a execução dessas tarefas e todos podem se manter concentrados na produção.

Redução dos gastos

A cada profissional acidentado que se afasta do serviço, cabe à empresa arcar com gastos financeiros:

  • Se o acidente não for grave e o trabalhador retornará ao serviço em menos de 15 dias, a empresa deve se responsabilizar pelo salário integral relativo a esse período, não podendo substituir o trabalhador.
  • Se o acidente for grave, a empresa pode ter que assumir com a indenização do funcionário, considerando no cálculo o nível de incapacitação provocado pelo acidente.

Além de tudo isso, o número e o tipo de acidentes na empresa é comparado a outras do mesmo ramo e utilizado no cálculo do Fator Acidentário de Prevenção (FAP). Quanto mais acidentes, maior será o FAP e mais a empresa terá que contribuir para o sistema previdenciário.

Todos esses gastos com acidentes acabam prejudicando os investimentos da empresa em tecnologia e produtividade.

Avaliação da saúde mental

Com o Programa de Controle Médico Ocupacional, a realização de exames médicos periódicos pode ser uma ótima maneira de conhecer melhor o trabalhador e suas condições de saúde, incluindo aspectos de saúde mental e emocional.

Um trabalhador que tenha perdido o cônjuge recentemente ou que esteja lidando com problemas familiares pode estar distraído durante o trabalho, colocando a sua saúde e a dos outros trabalhadores em risco.

Se o médico é bem-treinado e capaz de detectar nuances como essas, o trabalhador pode ser transferido de função temporariamente ou oferecido um tempo de licença, de modo a evitar a ocorrência de acidentes.

Promoção da saúde

Além de prevenir acidentes e avaliar a saúde dos trabalhadores, é essencial que a medicina do trabalho promova a saúde. Palestras sobre a importância da atividade física e de uma alimentação saudável, estímulo a execução de ginástica laboral, campanhas de prevenção da AIDS e muitas outras atividades devem ser realizadas, criando na empresa um ambiente que visa a saúde e o bem-estar de todos os trabalhadores.

Um trabalhador que tem sua saúde bem-cuidada pelo empregador se sente mais acolhido e mais disposto a executar bem o seu trabalho.

Quer garantir a saúde de seus empregados? A SST conta com uma equipe especializada em segurança e medicina do trabalho. Entre em contato e descubra como nossa empresa pode te ajudar!

banner_ebook_1

Gostou do texto?

Deixe seu email e enviaremos todas as semanas novidades para você!

Confira também

IMPORTANTE: Devido ao grande número de perguntas similares no blog, estamos selecionando as melhores para responder. Sendo assim, sugerimos que você busque a resposta para a sua dúvida nos comentários antes de enviar sua pergunta. Obrigado!

2 comentários em “Como a medicina do trabalho pode aumentar a produtividade nas empresas”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X Cadastre-se Faça seu cadastro e receba no seu email tudo sobre segurança no trabalho! Não enviaremos spam!