O que significa as cores dos capacetes na construção civil?

O que significa as cores dos capacetes na construção civil?

O uso dos capacetes na construção civil atende a norma NR-6 EPI (Norma Regulamentadora de Equipamento de Proteção Individual), sendo destinado principalmente a evitar riscos à região da cabeça e crânio.

Esse importante equipamento protege o trabalhador contra os diferentes perigos que há em uma obra, como acidentes com quedas de objetos, ocorrência de queimaduras e choques elétricos.

Outra função do capacete é promover a identificação de cada colaborador. Aliás, você sabia que as cores desse equipamento variam de acordo com a profissão de quem os utiliza?

No post de hoje, descubra mais sobre capacetes e a variação de suas cores:

A importância do capacete na construção civil

A utilização do capacete é o primeiro indício de que uma obra está em pleno acordo com o que determinam as leis de segurança do trabalho. Seu uso minimiza os danos à saúde dos trabalhadores, em caso de acidentes, e é uma exigência legal.

A NR 6, da Portaria 3.214/78 do Ministério do Trabalho e Emprego, regulamenta o uso dos EPI, trata das condições para seu fornecimento e determina as características desses equipamentos, entre outros pontos abrangidos em seu texto.

Segundo essa norma, todos os equipamentos de proteção individual (EPIs) devem ser fornecidos gratuitamente aos empregados. E mais: eles devem estar em perfeito estado, e ser plenamente adequados aos tipos de risco que o trabalhador está exposto.

Postura do empregador quanto ao uso do capacete

É direito do empregador exigir que os empregados em uma canteiro de obras usem os capacetes a ele fornecidos, assim como é dever de cada funcionário da obra usar esse EPI.

A lei manda que se forneça aos trabalhadores somente equipamentos que tenham sido aprovados pela SSST (Secretaria de Segurança e Saúde no Trabalho). Esse órgão, que atua em âmbito nacional, é o responsável por coordenar, dar orientações, fazer o controle e a supervisão da saúde e segurança ocupacional.

Também é responsabilidade do empregador providenciar treinamento e orientações ao trabalhador, no que diz respeito ao uso adequado e à conservação de seus EPI, o que inclui os capacetes.

Diz a leia ainda que, em casos de danos ou perda desse equipamento, ele deve ser substituído imediatamente.

Cores dos capacetes na construção civil

Embora não haja normatização que regulamente as cores dos capacetes, as empresas convencionam usar uma cor para cada profissão. Isso, de modo a facilitar o reconhecimento das diferentes hierarquias profissionais, mesmo à distância.

De um modo geral, as cores comumente usadas são:

  • branco e cinza: engenheiros, mestres e encarregados;
  • azul: pedreiros;
  • verde: serventes e operários;
  • vermelho: carpinteiros de forma;
  • laranja: eletricistas;
  • preto: técnicos de Segurança do trabalho;
  • marrom ou amarelo: visitantes.

Adotar o uso de capacetes na construção civil está entre as muitas responsabilidades dos gestores de obras. Ressaltamos, por último, que se um empregado for flagrado sem esse equipamento, a multa é aplicada ao empregador.

Portanto, a melhor prevenção é investir em treinamentos de segurança, a fim de aumentar a conscientização dos colaboradores quanto à importância do uso dos EPI.

Esse artigo foi útil para você? Restou alguma dúvida sobre o assunto? Conte pra gente nos comentários e veja como podemos ajudá-lo!

Gostou do texto?

Deixe seu email e enviaremos todas as semanas novidades para você!

Confira também

IMPORTANTE: Devido ao grande número de perguntas similares no blog, estamos selecionando as melhores para responder. Sendo assim, sugerimos que você busque a resposta para a sua dúvida nos comentários antes de enviar sua pergunta. Obrigado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X Cadastre-se Faça seu cadastro e receba no seu email tudo sobre segurança no trabalho! Não enviaremos spam!