O que é a NR 17 sobre a ergonomia no ambiente de trabalho?

O que é a NR 17 sobre a ergonomia no ambiente de trabalho?

O risco ergonômico é um dos principais perigos encontrados no ambiente de trabalho, além de também ser o responsável por uma infinidade de doenças ocupacionais. Um local ergonomicamente falho pode ser determinante para o adoecimento físico e mental dos trabalhadores. Por isso, questionamos: a sua empresa já parou para analisar a importância da NR 17 e da ergonomia no ambiente de trabalho?

Pode parecer um conceito complexo, contudo, é muito simples: a Norma Regulamentadora 17 (ou NR 17) é a diretriz que regula a ergonomia no ambiente de trabalho. Não tem muita certeza sobre o que é isso? Fique tranquilo!

Ao continuar a leitura, é possível aprender tudo sobre esses dois conceitos e também verificar algumas dicas sobre o que fazer para prevenir o surgimento de doenças laborais. Vamos lá?

O que é a NR 17?

De acordo com o Guia Trabalhista, a Norma Regulamentadora 17 tem como objetivo “estabelecer parâmetros que permitam a adaptação das condições de trabalho às características psicofisiológicas dos trabalhadores, de modo a proporcionar um máximo de conforto, segurança e desempenho eficiente”.

Isso significa que ela regulamenta a ergonomia no ambiente de trabalho, visando essencialmente o conforto, a diminuição de lesões e o aumento da produtividade dentro das empresas.

Essa norma é de suma importância, uma vez que as maiores doenças laborativas são consequência da exposição a algum tipo de risco ergonômico que os funcionários se submetem em suas tarefas rotineiras, como:

  • trabalhos realizados em pé durante longos períodos sem descanso;
  • monotonia;
  • levantamento de cargas pesadas;
  • esforços repetitivos (LER).

Portanto, além de proporcionar o cuidado com a saúde do trabalhador, a NR 17 é importante para que os empreendedores tenham consciência de que o desconforto no ambiente de trabalho pode gerar, dentre os menores problemas, a baixa produtividade para as empresas.

Quais são os benefícios gerados pela ergonomia no ambiente de trabalho?

Instaurar a ergonomia no ambiente de trabalho é sinônimo de aumentar a possibilidade de estabelecer um convívio com pessoas mais saudáveis e dispostas.

Dentre os benefícios, podemos citar a diminuição de funcionários com problemas de saúde — como lesões, disfunções por movimentos repetitivos e complicações de postura. Além disso, com os problemas médicos reduzidos, o afastamento de funcionários será minimizado, diminuindo o absenteísmo.

Assim, o cumprimento da ergonomia no ambiente de trabalho ajuda os empresários, uma vez que funcionários saudáveis, motivados e produtivos impactam diretamente no faturamento e crescimento da empresa no cenário mercadológico atual.

Quais são as consequências do descumprimento da NR 17?

O não cumprimento da NR 17 pelos empregados e empregadores pode acarretar em inúmeras consequências, tanto para a empresa quanto para o funcionário. Vejamos abaixo quais são.

Descumprimento da norma pelo empregador

Se houver alguma irregularidade durante a fiscalização, as empresas sofrerão notificação específica e será estipulado um prazo de 1 a 60 dias para que as correções sejam realizadas.

Decorrido o prazo da notificação, outra inspeção acontecerá e, se houver a continuidade da irregularidade, inicia-se o procedimento para a aplicação de multa à empresa, que poderá responder processo perante a justiça do trabalho.

Descumprimento da norma pelo empregado

No caso de recusa injustificada do empregado ao cumprimento da NR 17, é caracterizado o ato faltoso e ele estará suscetível às penalidades previstas na legislação, podendo chegar a ser demitido por justa causa.

Portanto, é extremamente importante que as empresas deem a devida atenção à aplicação da ergonomia dentro do ambiente de trabalho, a fim de se evitar futuros problemas trabalhistas.

Qual é a importância da fiscalização da ergonomia na empresa?

Ao ter um ambiente que não é propício para os funcionários trabalharem — como é o caso de problemas de iluminação, ventilação, máquinas desatualizadas e demais situações que promovam a insatisfação da equipe — a proliferação de doenças ocupacionais é propiciada. Além disso, diversos acidentes de trabalho podem ser provocados.

Essa situação gera um clima improdutivo e, consequentemente, faz com que os indicadores comerciais da empresa despenquem, trazendo diversos prejuízos. Por isso, a ergonomia, além de proporcionar o conforto dos funcionários, diminui os riscos de lesões e cria um ambiente que gera produtividade e lucros.

Contudo, para que essa norma seja efetiva, é importante que aconteça a análise ergonômica do trabalho (AET), que deve ser realizada por um profissional qualificado, normalmente um Técnico de Segurança, para elaborar um laudo descritivo.

Essa análise é feita com base nas tarefas rotineiras dos trabalhadores, em que são elencadas as principais dificuldades encontradas para depois traçar um planejamento dos procedimentos que devem ser desenvolvidos.

Assim, o acompanhamento e a fiscalização da ergonomia se dá tanto para cumprir a legislação quanto para proporcionar um ambiente mais produtivo aos funcionários e também para melhorar a imagem da empresa.

Como é possível aplicar as principais demandas da NR 17 no ambiente de trabalho?

O primeiro passo para aplicar as principais demandas da NR 17 no ambiente de trabalho é criar um planejamento claro e preciso sobre o processo. Para isso é necessário:

  • elaborar um programa de ergonomia;
  • fazer o levantamento dos riscos ergonômicos;
  • promover a conscientização dos funcionários;
  • criar treinamentos e palestras sobre os riscos ergonômicos e sua prevenção;
  • evidenciar a importância do assunto;
  • solicitar a participação dos funcionários nesse programa, realizando o aperfeiçoamento do programa sempre que necessário.

Depois, analise algumas questões que podem ser melhoradas e aperfeiçoadas com o objetivo de promover um ambiente que preze pela qualidade de vida dos funcionários, mas sem deixar de lado a otimização da produtividade. Confira algumas dicas!

Verifique a iluminação do ambiente

O ambiente de trabalho precisa estar bem iluminado. Não deixe áreas escuras na empresa que possam prejudicar a visão dos funcionários. Ambientes escuros e com iluminação amarela induzem ao cansaço e ao sono, então opte por iluminação branca, que gera mais produtividade por ser clara e de led.

Tenha cuidado com a temperatura

Convenhamos: ninguém consegue se concentrar se está muito frio ou muito calor, certo? Por isso, regule a temperatura do ambiente para que agrade a maioria dos funcionários. Quando estão expostos a índices de temperatura muito elevadas, isso faz com que a umidade fique alta, influenciando negativamente a produção.

Além disso, o ideal é que o ambiente tenha boas janelas para facilitar a ventilação e a passagem de ar, evitando que os funcionários respirem as mesmas gotículas por muito tempo — o que evita a disseminação de doenças virais e bacterianas.

Evite barulhos estrondosos

Quando há muitos barulhos no ambiente, não é possível se concentrar. Por isso, preze por uma área silenciosa — ou mesmo com uma música ambiente em volume baixo — e evite barulhos excessivos que influenciem a saúde auditiva do funcionário.

Vale ressaltar que o excesso de barulho pode ocasionar a perda da audição temporária ou permanente.

Tenha atenção com a postura

Os funcionários que trabalham sentados precisam ter uma cadeira confortável para se acomodar — isto é, aquela que deixa a coluna reta e que seja regulável conforme a altura do funcionário. Isso garante o conforto e a produtividade.

Caso o trabalhador fique muito tempo de pé, é preciso investir em programas como a ginástica laboral e orientações profissionais para que ele corrija a sua postura, evitando dores e desconfortos.

Invista no ergodesign

Crie um projeto ergonômico do posto de trabalho dos seus funcionários, que tenha foco no conforto. O posto envolve o funcionário e todo o seu ambiente (mobiliário, EPIs), bem como os materiais necessários para desenvolver as suas atividades rotineiras.

O ergodesign adequa o posto de trabalho do funcionário, adaptando-o de acordo com seus limites, otimizando as condições de trabalho e proporcionando o conforto e a segurança.

Veja qual é o limite de carga manual

Tenha cuidado com o limite de transporte de carga manual e o modo como a descarga é feita. Todas as funções de trabalho que envolvam o levantamento de peso e o transporte de cargas devem ser baseadas em ter uma boa estrutura e utilizar os equipamentos adequados para esse tipo de trabalho.

Isso porque o peso máximo para o transporte de cargas não pode comprometer a saúde e segurança do funcionário.

Promova um ambiente saudável

Os funcionários precisam compreender a importância de seguir as normas para evitar riscos à sua saúde. Para isso, a empresa deve promover um ambiente saudável e evidenciar isso, diariamente, aos funcionários.

De nada vai adiantar apenas dar uma palestra sobre a importância da ergonomia no ambiente de trabalho e apresentar a NR 17, certo? Essa realidade precisa fazer parte do dia a dia dos funcionários, para que compreendam a importância de ter uma alimentação mais saudável, praticar exercícios, utilizar os equipamentos de proteção individual (EPIs) corretos, evitar áreas de risco, dentre outras inúmeras atividades que favorecem a qualidade de vida.

Por isso, junto com a área de Recursos Humanos e Comunicação, crie estratégias constantes para lembrar os funcionários sobre esses detalhes essenciais.

Aprender sobre a NR 17 e a ergonomia no ambiente de trabalho é importante para identificar em quais aspectos a sua empresa precisa investir para proporcionar aos seus funcionários um ambiente saudável e que promova o bem-estar e a qualidade de vida. Como consequência, investir nesses aspectos proporcionam um ambiente favorável ao desenvolvimento de talentos e à lucratividade da organização.

Neste post, pudemos conferir tudo sobre a NR 17. Se gostou do nosso conteúdo, temos a certeza de que vai se interessar por aprender mais sobre como escolher uma empresa de segurança de saúde para a sua empresa. Então, baixe o nosso e-book agora mesmo e acerte na escolha!

Gostou do texto?

Deixe seu email e enviaremos todas as semanas novidades para você!

Confira também

IMPORTANTE: Devido ao grande número de perguntas similares no blog, estamos selecionando as melhores para responder. Sendo assim, sugerimos que você busque a resposta para a sua dúvida nos comentários antes de enviar sua pergunta. Obrigado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X Cadastre-se Faça seu cadastro e receba no seu email tudo sobre segurança no trabalho! Não enviaremos spam!