6 ações de bem-estar corporativo para lojas varejistas

6 ações de bem-estar corporativo para lojas varejistas

Felizmente, parece que as pessoas têm se preocupado cada vez mais com a sua saúde. As empresas também têm buscado investir no bem-estar corporativo como forma de assegurar maior qualidade de vida para seus funcionários.

Afinal de contas, o trabalho é um dos ambientes em que passamos a maior parte do nosso tempo, não é mesmo? Portanto, não adianta levar uma vida saudável apenas fora dele.

Mas o que fazer para melhorar esse aspecto? Confira a seguir algumas dicas de ações para começar a colocar em prática o quanto antes!

1. Trabalhe a flexibilidade

Sabemos que o nosso bem-estar não depende apenas da saúde estar em dia. A satisfação com o local de trabalho também tem um impacto significativo na disposição diária para desempenhar nossas funções.

Nesse sentido, uma das dicas mais comentadas recentemente para o ambiente corporativo é adotar uma postura mais flexível. Imprevistos acontecem e não saber lidar com esse tipo de situação pode tornar a sua empresa menos acolhedora.

Portanto, considere as opiniões e os pedidos dos seus funcionários. Às vezes, abrir uma exceção um dia ou outro não faz mal a ninguém — e certamente isso pode influenciar positivamente o bem-estar e o comprometimento do seu colaborador, já que pequenos gestos fazem a diferença.

É claro que não é possível fazer todas as suas vontades sempre, mas procure não adotar uma postura tão rígida. Quando houver alguma impossibilidade, explique bem os seus motivos e deixe a comunicação sempre aberta.

2. Repense o ambiente de trabalho

Será que o seu ambiente de trabalho é realmente adequado? A rotina corrida nem sempre nos permite fazer esse tipo de reflexão, que serve para impulsionar algumas mudanças necessárias.

Em primeiro lugar, existem aspectos básicos que devem ser considerados para garantir tanto ao empregado quanto ao cliente uma boa sensação. Isso inclui um ambiente organizado, limpo, seguro, iluminado, ventilado etc.

Mas é preciso avaliar ainda outros pontos que podem contribuir para o bem-estar de todos. Por exemplo, pensar em maior conforto e mais recursos para trabalhar. Como anda a ergonomia dos ambientes? E a manutenção dos equipamentos? Já pensou em colocar uma vegetação nas salas?

Vale a pena rever todos esses fatores para proporcionar mais qualidade para o dia a dia de trabalho, estimulando a criatividade, a capacidade produtiva e o contentamento de todos.

3. Estimule a prática de exercícios físicos

Todo mundo sabe que praticar atividades físicas é um dos hábitos mais saudáveis que podemos manter. Acontece que nem sempre isso é uma realidade, e muitas pessoas acabam sofrendo com as consequências do sedentarismo.

Em vista disso, pensando na saúde do trabalhador e também na sua produtividade, uma boa medida é incentivar a equipe a manter-se mais ativa. Oferecer ginástica laboral é um tipo de estratégia comum e que funciona para despertar os funcionários.

De toda forma, falar mais sobre isso é ótimo para que eles percebam a importância de manter o corpo ativo fora do horário de trabalho. Então, ofereça informações especializadas e procure estimular essa questão por outras vias, como fazendo parcerias de desconto com academias de ginástica ou até mesmo promovendo uma corrida conjunta.

4. Cuide do clima organizacional

Por bem-estar corporativo já podemos deduzir que se trata de um grupo de pessoas, certo? Sendo assim, é preciso levar em conta não só os fatores físicos como os comportamentais, pois ninguém trabalha sozinho.

As atividades que cada um desempenha só fazem sentido em conjunto, dando forma ao resultado total do serviço/produto que é entregue. E isso só ocorre bem quando o clima organizacional é positivo.

Principalmente quando falamos em lojas varejistas, o contato com o cliente torna tudo muito sensível. Quando há algo de errado internamente, é bem provável que isso prejudique o atendimento e a experiência do consumidor.

Logo, é essencial ficar atento ao clima dentro da empresa, como os funcionários se comunicam e se relacionam etc. Uma boa indicação é realizar pesquisas periódicas para saber como eles se sentem, quais suas maiores dificuldades, entre outras questões que ajudem a solucionar os problemas e melhorar o clima cada vez mais.

5. Valorize o seu colaborador

Não há nada pior para um empregado do que perceber que seu esforço e trabalho não são valorizados. Ainda que as suas funções sejam as mais simples, é preciso compreender que cada um é peça importante para o funcionamento do todo.

Muitas vezes, esse reconhecimento vale mais do que qualquer outro benefício — até mesmo um aumento de salário. Há diversas pessoas que preferem ganhar um pouco menos, mas ter um emprego onde se sintam bem e valorizadas.

Assim, preocupe-se em não deixar isso de lado se a intenção é melhorar o bem-estar corporativo. Além de reconhecer a contribuição de cada um, tente incentivar o desenvolvimento dos seus colaboradores. Seja no âmbito profissional ou pessoal, incentive-os a serem cada dia melhores e eles se sentirão mais valorizados.

Saiba que um funcionário com a autoestima em dia pode ser muito mais produtivo do que alguém que ganha muito e mesmo assim está sempre insatisfeito.

6. Seja um bom exemplo

Por fim, não adianta muito pregar uma série de coisas como boas ou eficazes, mas não servir de exemplo para a equipe. Todo bom gestor deve exercer uma liderança positiva, que não fique se baseando apenas em regras ou medidas autoritárias.

É fundamental estimular boas práticas, mas sempre com o cuidado para que o seu comportamento não seja um modelo contrário. Por exemplo, se uma vez por semana ocorre uma aula geral de yoga, é importante fazer parte da proposta e comparecer (pelo menos de vez em quando).

Outra situação bastante comum é quando se decide fazer uma reunião semanal para alinhar a comunicação entre todos os setores, mas o gerente nunca aparece. Não faz muito sentido, concorda? O bom exemplo é o primeiro passo a ser dado para envolver a equipe em um propósito.

De toda forma, o objetivo deve ser encontrar os espaços que podem ser preenchidos para que todos percebam a preocupação da empresa em garantir o bem-estar de todos. E, se for necessário, conte com uma empresa especializada na área para ter mais sucesso nas suas ações.

E aí, gostou de saber mais sobre bem-estar corporativo? Não deixe de assinar nossa newsletter para continuar recebendo esse tipo de dica e informação!

Gostou do texto?

Deixe seu email e enviaremos todas as semanas novidades para você!

Confira também

IMPORTANTE: Devido ao grande número de perguntas similares no blog, estamos selecionando as melhores para responder. Sendo assim, sugerimos que você busque a resposta para a sua dúvida nos comentários antes de enviar sua pergunta. Obrigado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X Cadastre-se Faça seu cadastro e receba no seu email tudo sobre segurança no trabalho! Não enviaremos spam!