Vale a pena terceirizar a medicina do trabalho?

Vale a pena terceirizar a medicina do trabalho?

A segurança do trabalho é um fator determinante para o sucesso de um empreendimento. Sem ela, o ambiente de uma empresa não é propenso para a execução correta das atividades e seus colaboradores não se sentem confortáveis e seguros.

Para evitar problemas mediante a legislação e melhorar a qualidade de vida de seus funcionários, o gestor deve atuar de maneira correta e eficiente. Dessa forma, a medicina do trabalho se faz extremamente essencial.

Hoje, terceirizar a medicina do trabalho é uma prática bastante comum. Mas será que isso é realmente vantajoso para o negócio? É sobre isso que falaremos no post de hoje. Acompanhe!

A importância da medicina do trabalho

A performance da equipe de uma gestão está relacionada à sua qualidade de vida. Então, um funcionário doente ou que realiza tarefas pesadas e perigosas deve ter toda a sua atenção.

Quando isso não acontece, há um aumento no tempo gasto em seu processo produtivo e dos números de acidentes. Consequentemente, todos saem perdendo e sua empresa pode sofrer péssimas consequências judiciais e financeiras.

Portanto, a medicina do trabalho é uma questão que não pode ser deixada de lado em seu dia a dia profissional.

Como terceirizar a medicina do trabalho

Ao contratar uma empresa especializada nesse assunto, sobra mais tempo para focar nas atividades mais importantes de seu processo produtivo. Para que isso aconteça, esse parceiro profissional deve ser muito experiente e ter notoriedade na área do mercado em que atua.

O teste de admissão é uma importante etapa da contração de um novo funcionário. Dessa forma, a fim de acompanhar as mudanças que a medicina passa e respeitar as estipulações normativas, é preciso terceirizar a medicina do trabalho.

Por isso, faça uma pesquisa e encontre uma empresa que preste um serviço de medicina do trabalho eficiente, atendendo às necessidades de seu empreendimento.

Quais são seus benefícios

Realização de exames periódicos

As doenças ocupacionais, na maioria casos, só podem ser identificadas por meio de exames e consultas médicas. Dessa forma, para evitar problemas e solucionar imprevistos, as avaliações periódicas devem ser realizadas em uma gestão que quer melhorar seus resultados.

Como consequência disso, a saúde e o bem-estar de seus funcionários são garantidas, acarretando no aumento de produtividade e na diminuição do número de acidentes de trabalho.

Redução de despesas

Assim como em outras áreas, a terceirização é uma opção para quem quer diminuir custos. Adotando-a, sua folha salarial é reduzida e os gastos com a preparação de uma sala e a aquisição de equipamentos são evitados.

Ademais, é possível ter uma melhor previsibilidade de custos em seu orçamento financeiro. Isso acontece, pois, quando um contrato de terceirização é firmado, as despesas com férias, rescisões e eventuais faltas já estão inclusas nos valores pagos mensalmente.

Com um funcionário sadio e bem cuidado, uma empresa pode alcançar os resultados positivos que ela tanto almeja. Então, terceirizar a medicina do trabalho é uma ótima opção para quem quer aumentar sua produtividade e proteger seus funcionários.

Gostou desse post e quer continuar por dentro de outras novidades sobre segurança e medicina ocupacional? Siga a nossa página no Facebook e não perca nenhum conteúdo!

Gostou do texto?

Deixe seu email e enviaremos todas as semanas novidades para você!

Confira também

IMPORTANTE: Devido ao grande número de perguntas similares no blog, estamos selecionando as melhores para responder. Sendo assim, sugerimos que você busque a resposta para a sua dúvida nos comentários antes de enviar sua pergunta. Obrigado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X Cadastre-se Faça seu cadastro e receba no seu email tudo sobre segurança no trabalho! Não enviaremos spam!