6 dicas de gestão de pessoas para aumentar a produtividade da equipe

6 dicas de gestão de pessoas para aumentar a produtividade da equipe

O principal fator de sucesso de uma empresa é, sem dúvida alguma, a qualidade dos recursos humanos. É consenso entre especialistas que eles são o principal ativo de uma organização. No entanto, o engajamento necessário para aumentar a produtividade da equipe e alcançar um nível de performance excelente exige que os líderes sejam hábeis na gestão de pessoas.

Quer saber como fazer isso? Este post vai ajudá-lo! Selecionamos 6 dicas infalíveis para quem deseja liderar seus colaboradores rumo à excelência e garantir a alta produtividade da equipe. Confira!

Como aumentar a produtividade da equipe

Pense nas dicas abaixo como um verdadeiro bê-á-bá da gestão de pessoas. Há muito que um gestor pode fazer para motivar a equipe e transformá-la em um time campeão. Porém, essas atitudes essenciais não podem faltar no dia a dia da empresa.

1. Conheça bem sua equipe

Se você já percebeu que os membros do seu time são completamente diferentes uns dos outros, parabéns! Esse é o primeiro passo para fazer uma gestão de pessoas de sucesso.

É importante que esses colaboradores realmente sejam diferentes em suas características pessoais, conhecimentos, competências e até mesmo no modo de interação e expectativas.

Compreender as diferenças profissionais dá ao líder a oportunidade de aproveitar esses talentos de forma estratégica. Já o conhecimento em nível pessoal faz com que ele consiga motivá-los e obter engajamento.

Esse conhecimento será fundamental para abordar seus funcionários de forma eficaz, conseguindo obter o máximo de resultado por meio do trabalho deles. Ele também contribuirá para a delegação inteligente, que é o assunto do próximo tópico.

2. Delegue de forma inteligente

Os projetos de uma companhia geralmente são divididos em tarefas de natureza completamente diferentes. Há aquelas que exigem a capacidade de planejamento estratégico, enquanto outras envolvem mais as habilidades de negociação.

Esses são apenas alguns exemplos e a concretização de um projeto pode exigir os mais diferentes conhecimentos e competências. A gestão de pessoas eficaz é aquela que conhece os pontos fortes de cada colaborador, e designa a eles exatamente as atividades nas quais são mais hábeis.

Dessa forma, o funcionário sente que sua competência foi valorizada pela empresa. Ele consegue executar a tarefa em um prazo menor e com mais qualidade, pois se trata de uma habilidade que domina.

A combinação perfeita entre expertise e motivação faz com que a equipe trabalhe motivada, o que produz um resultado extraordinário para a organização.

3. Estimule a participação

Um líder pode saber muito, mas, com certeza, não sabe tudo. Sua visão a respeito da empresa, da atuação do grupo e dos processos da companhia será muito enriquecida se ele estimular a participação de todos.

Além de obter excelentes ideias, o fato de se sentirem ouvidos faz com que aconteça uma melhora visível na relação entre a empresa e os colaboradores. Um dos principais resultados é o engajamento do grupo.

Quando a organização está aberta a ouvir as sugestões, ideias e até reclamações dos funcionários pode descobrir a solução para muitos problemas. Lembre-se de não só promover a abertura, mas premiar as colaborações mais significativas.

4. Reconheça e retenha os talentos

Um dos principais desafios na atualidade é a retenção de talentos. Não é incomum uma empresa formar um profissional, ajudá-lo a adquirir conhecimento e construir competências para, em seguida, perdê-lo para a concorrência.

Por isso, o líder precisa pensar que uma das prioridades da gestão de pessoas é reconhecer esses talentos precocemente e encantá-los com as possibilidades que a companhia oferece.

Afinal, se ela conseguir mostrar como ele pode desenvolver uma carreira de sucesso dentro da organização — e realmente proporcionar oportunidades para isso — as chances de ele ser atraído pela concorrência são menores.

Portanto, aposte no desenvolvimento desses talentos: mostre um plano de carreira claro, incentive-os a desenvolver novas competências e ofereça recompensas que criem o estímulo adequado. Se eles sentirem que sua empresa é um bom lugar para trabalhar, será muito mais fácil retê-los em seu quadro.

5. Proporcione oportunidades de desenvolvimento

O líder não pode pensar apenas na meta atual. Ele precisa visualizar cada uma dessas etapas como uma oportunidade para tornar sua equipe melhor e mais eficiente, apta a desenvolver novos projetos.

Por isso, cada projeto deve ajudá-lo a analisar seu grupo e identificar não só as habilidades, mas também os pontos que precisam ser melhorados. Adote como prática usual o feedback construtivo, ajudando sua equipe a avaliar as próprias ações, aprender com elas e melhorar o próprio desempenho.

Além disso, a empresa também pode — e deve — investir na capacitação dos funcionários. Ela é a chave para uma performance superior no presente e também ajuda a motivar os trabalhadores e torná-los engajados.

Agindo dessa maneira, o gestor se torna um verdadeiro mentor. Os colaboradores se sentem gratos porque ele os ajuda a se tornarem profissionais melhores e mais valorizados no mercado. A equipe se torna preparada para responder às situações comuns de forma mais eficiente e apta a enfrentar os novos desafios.

6. Forneça recompensas adequadas

É importante conhecer os funcionários para saber o que eles consideram uma recompensa satisfatória. Além das perspectivas geracionais distintas, as próprias diferenças de personalidade influenciam nessas preferências.

Enquanto alguns valorizam exclusivamente recompensas como bônus salariais ou promoções, outros se sentem estimulados por prêmios como viagens. Também existe um grupo que aprecia oportunidades de desenvolvimento profissional, como auxílio financeiro para fazer um curso ou um estágio internacional.

Portanto, o gestor precisa realmente conhecer seu grupo para ajustar seu pacote de recompensas a essas expectativas individuais. Essa é uma forma eficiente de aumentar a produtividade, gerar engajamento e reter talentos.

E por falar em recompensa, não se esqueça de comemorar as vitórias da sua equipe. Por mais que seja o dever de todo e qualquer profissional executar suas atividades com excelência e cumprir as metas, não os trate dessa maneira.

Comemorar as vitórias dá às pessoas a percepção de que seu esforço foi reconhecido. A comemoração marca o encerramento de um ciclo que, embora seja simbólico, produz o efeito de renovação das energias.

Ao comemorar um determinado resultado de forma triunfante, seus funcionários se sentirão entusiasmados para começar um novo ciclo e se esforçarem ainda mais para cumprirem as novas metas.

Além disso, sentir o sabor da vitória faz com que seus colaboradores tenham o desejo de experimentar essa sensação novamente. O resultado é a motivação para superar os próprios limites e transformar o novo ciclo em uma vitória ainda maior.

Entendeu o que todo líder precisa fazer para aumentar a produtividade da equipe? Quer saber mais sobre como a empresa pode lidar com seus recursos humanos de forma eficiente e de acordo com o que a lei determina?

Então não perca tempo! Continue no nosso blog e descubra quais são os 5 erros cometidos pelas empresas que acabam gerando causas trabalhistas. Confira!

Gostou do texto?

Deixe seu email e enviaremos todas as semanas novidades para você!

Confira também

IMPORTANTE: Devido ao grande número de perguntas similares no blog, estamos selecionando as melhores para responder. Sendo assim, sugerimos que você busque a resposta para a sua dúvida nos comentários antes de enviar sua pergunta. Obrigado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X Cadastre-se Faça seu cadastro e receba no seu email tudo sobre segurança no trabalho! Não enviaremos spam!