5 pequenos cuidados que estimulam a produtividade no ambiente de trabalho

5 pequenos cuidados que estimulam a produtividade no ambiente de trabalho

É certo que toda empresa se preocupa em estimular a produtividade no ambiente de trabalho. Afinal de contas, o seu maior interesse é que as atividades se mantenham a todo vapor para que os resultados sejam positivos, não é mesmo?

Contudo, é preciso considerar os diversos fatores que são capazes de influenciar a capacidade de produção — o que pode ir muito além de ter muitas pessoas desempenhando suas funções.

Já parou para pensar sobre isso? Então continue a leitura deste post para conhecer pequenos cuidados que podem ser tomados para potencializar esse processo.

1. Preocupar-se com a qualidade de vida dos funcionários

O bem-estar de qualquer pessoa tem um peso bastante significativo em tudo o que ela faz, seja na sua vida pessoal ou profissional. Isso quer dizer que quando ela não está bem, dificilmente conseguirá realizar suas atividades de maneira eficiente.

Sendo assim, já não é segredo para as empresas que a satisfação dos funcionários é um fator essencial, pois eles gostam de se sentir valorizados. Logo, é preciso enxergar cada um como um ser humano, e não apenas como um operário.

Isso inclui preocupar-se com a qualidade de vida das pessoas dentro e fora do trabalho, tentando ser mais flexível com as suas necessidades, dando orientações sobre saúde, incentivando-as a cuidar do corpo, da mente etc.

Além disso, é interessante promover a empatia entre o grupo para que o ambiente seja cada vez mais harmônico — afinal, pessoas felizes trabalham mais e melhor.

2. Investir em móveis ergonômicos

Não adianta motivar seus colaboradores a cuidarem de si mesmos se a própria empresa não investe em maneiras de proporcionar mais segurança e conforto a eles.

Em vista disso, é fundamental que todo o ambiente siga as normas de segurança do trabalho e da saúde ocupacional. Nesse sentido, um dos investimentos mais relevantes que a instituição deve fazer é adquirir móveis ergonômicos.

Como os trabalhadores passam grande parte do dia em suas estações de trabalho, é importante que eles possam contar com esse tipo de cuidado da empresa — o que, inclusive, ajuda a reduzir acidentes e afastamentos por motivos de saúde.

3. Incentivar a comunicação

A comunicação entre a empresa e o funcionário deve estar sempre aberta, facilitando o entendimento das regras, dos princípios e dos objetivos para que as atividades sejam cumpridas.

Os líderes e gestores precisam estar atentos a isso, sendo claros e acolhedores para conseguir envolver cada integrante da equipe, enquanto os colaboradores devem saber não só dar a sua opinião como ouvir pontos de vistas diferentes.

Dessa forma o funcionário se sente parte da empresa e isso certamente vai estimular a produtividade no dia a dia, tendo como base conceitos como lealdade e cooperação.

Para isso, uma boa dica é promover um sistema de feedbacks periódicos para evitar qualquer problema nesse sentido e favorecer a integração — mas vale lembrar que dar retornos positivos é tão importante quanto fazer as correções necessárias.

4. Apostar no desenvolvimento da equipe

Existem benefícios que são considerados pelos funcionários até mesmo como um salário indireto. Entre eles está a disposição da empresa em investir na capacitação e no desenvolvimento das pessoas.

Saber reconhecer talentos e quais habilidades cada um precisa desenvolver é uma ótima maneira de aperfeiçoar a equipe e torná-la ainda mais produtiva. Depois de identificar quais pontos precisam ser melhorados a empresa deve investir em cursos, treinamentos, tecnologias, entre outros recursos.

Assim o trabalhador se sente valorizado ao perceber que a empresa está acreditando no seu potencial, deixando-o mais motivado para colaborar da melhor maneira possível.

5. Promover pausas criativas

Há várias pesquisas que indicam como uma rotina de trabalho desgastante é capaz de prejudicar a produtividade. A capacidade de concentração e o desempenho das pessoas caem substancialmente quando elas ficam por um longo período realizando uma tarefa.

Uma boa ideia é promover pausas que sejam bem aproveitadas — não somente para o funcionário tomar um café ou checar as redes sociais. A empresa pode, por exemplo, começar a exibir pequenos vídeos motivacionais, fazer dinâmicas em grupo, ginástica laboral, entre outros.

Gostou de saber como estimular a produtividade no ambiente de trabalho? Então aproveite para assinar nossa newsletter e ficar por dentro de outros conteúdos!

Gostou do texto?

Deixe seu email e enviaremos todas as semanas novidades para você!

Confira também

IMPORTANTE: Devido ao grande número de perguntas similares no blog, estamos selecionando as melhores para responder. Sendo assim, sugerimos que você busque a resposta para a sua dúvida nos comentários antes de enviar sua pergunta. Obrigado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X Cadastre-se Faça seu cadastro e receba no seu email tudo sobre segurança no trabalho! Não enviaremos spam!