4 dicas para evitar doenças posturais na empresa

4 dicas para evitar doenças posturais na empresa

Os empregadores têm o dever de oferecer condições de trabalho seguras, incluindo o fornecimento de informações e treinamento sobre ergonomia e doenças posturais. Má postura no trabalho é uma das principais causas de dor nas costas, estresse no trabalho, lesão por esforço repetitivo, resultando em perda de tempo, redução da produtividade, más condições de saúde dos funcionários, baixa moral, e custos mais elevados.

Aplicando estas técnicas e princípios que trazemos neste post, e aliando-as às orientações de um médico do trabalho, o ambiente laboral será melhorado, assim como o bem-estar dos funcionários.

Entenda a importância da postura correta

A boa postura ajuda a manter os ossos e articulações no alinhamento certo para que os nossos músculos sejam usados ​​corretamente. Ela também reduz o stress sobre os ligamentos que prendem as articulações da coluna vertebral, minimizando a probabilidade de lesão.

Para manter a postura correta, você precisa ter uma flexibilidade adequada e força muscular, mobilidade articular normal nas outras regiões do corpo. Além disso, você deve reconhecer seus hábitos posturais em casa e no local de trabalho e trabalhar para corrigi-los, se necessário.

Eduque os seus funcionários

Fornecendo educação, aconselhamento e formação sobre a postura no local de trabalho é um trabalho importante para diminuir as doenças posturas e, consequentemente, o absenteísmo por conta destas questões.

Em muitas empresas, os funcionários são o ativo mais caro. Cuidar deles é importante para garantir que eles sejam capazes de trabalhar de forma mais eficiente. Se este assunto for abordado em suas raízes, através de palestras e orientações do médico do trabalho, por exemplo, você consegue, inclusive, uma vantagem sobre os seus concorrentes que não conseguem agir nesta área.

Oriente-os a levantar e se alongar durante o dia

É importante que a rotina de trabalho envolva períodos em pé e assentado. Isso vai fazer com que o funcionário se movimente e varie sua postura. Se o trabalho do funcionário for puramente administrativo e não tiver aplicabilidade desenvolver tarefas em pé, é preciso que ele seja orientado a levantar e se alongar, pelo menos, duas vezes ao dia. Você pode colocar no seu planejamento a inclusão de ginástica laboral para os seus funcionários.

Tenha equipamentos de trabalho adequados

Assim como algumas funções carecem de equipamentos de segurança, os EPIs, alguns funcionários também precisam de materiais de trabalho que garantam maior qualidade e ajudem na prevenção de doenças posturais. A mesa de trabalho, altura do monitor e a altura da cadeira, que deve ter braço e encosto, devem estar alinhados e ajustados de acordo com a altura do funcionário. O mouse também não deve ser pequeno, pois isso aumenta a incidência de lesão por esforço repetitivo, a LER.

Estimule a realização de alguns exercícios

  1. Alongamento: o funcionário deve alongar braços, pulsos, dedos e pesco. Movimentos simulando uma espreguiçada também ajuda.
  2. Rotação de quadril: o funcionário deve se levantar e fazer rotações do quadril, girando o corpo para a direita e depois para a esquerda, sem sair do lugar.
  3. Agachamento: este exercício fortalecerá os glúteos. A mesa de trabalho poderá servir como apoio para que o funcionário, com os pés paralelos, agache e levante.

Na sua empresa a ginástica laboral é adotada? Há a incidência de afastamentos por problemas posturais? Quais as medidas que o médico do trabalho recomenda que sejam aplicadas?

Compartilhe suas experiências nos comentários. Confira também nosso post sobre os benefícios em oferecer quick massage aos seus funcionários!

banner_ebook_4

Gostou do texto?

Deixe seu email e enviaremos todas as semanas novidades para você!

Confira também

IMPORTANTE: Devido ao grande número de perguntas similares no blog, estamos selecionando as melhores para responder. Sendo assim, sugerimos que você busque a resposta para a sua dúvida nos comentários antes de enviar sua pergunta. Obrigado!

4 comentários em “4 dicas para evitar doenças posturais na empresa”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X Cadastre-se Faça seu cadastro e receba no seu email tudo sobre segurança no trabalho! Não enviaremos spam!