3 cuidados mais interessantes com a ergonomia no trabalho

3 cuidados mais interessantes com a ergonomia no trabalho

Horas e horas executando as mesmas tarefas: essa é a realidade de grande parte dos trabalhadores. Alguns fazem um enorme esforço físico, outros passam praticamente todo o tempo sentados diante de uma mesa com computador. Embora as situações sejam diferentes, elas cobram um preço do corpo. Por isso, os cuidados com a ergonomia no trabalho são tão importantes.

Você sabe que cuidados são esses? Conhece as práticas que contribuem para o bem-estar, qualidade de vida e produtividade dos funcionários? Quer descobrir como tornar seu ambiente de trabalho mais ergonômico? Então confira o post de hoje!

Cuidados com a ergonomia no trabalho

Diferentes funções exigem diferentes cuidados. Abaixo listamos as principais formas de trabalho e as precauções que cada situação exige.

1. Para quem passa o dia sentado

Mesas e cadeiras em formatos e alturas equivocados fazem com que a pessoa mantenha posturas não naturais. Isso sobrecarrega músculos e articulações, provoca dores e favorece o surgimento de problemas mais complicados.

Para evitá-los é preciso que a mesa e a cadeira sejam ajustadas em uma altura ideal. Elas devem permitir que o funcionário digite no teclado com os braços e mãos paralelos ao solo.

Também é importante que seja possível apoiar os pés retos no chão e encaixar as pernas de forma confortável sob a mesa, mesmo que elas estejam cruzadas. A distância entre os olhos do usuário e a tela deve ter entre 50 e 70 cm.

As cadeiras devem ter suporte lombar, permitir uma leve inclinação de até 135°, espumas de boa qualidade, profundidade e altura ajustáveis.

2. Para quem passa o dia em pé

Trabalhar em pé o tempo inteiro pode ser extremamente cansativo, além de causar dores e desconforto nos membros inferiores, problemas articulares, fascite plantar, edemas, joanetes e varizes.

Por isso é fundamental que o trabalhador submetido a essas condições tenha resguardado o seu direito a pausas, inclusive com a disponibilização de assentos para esses momentos.

Embora a CLT e a Norma Regulamentar 17 não estabeleçam um período para as pausas, recomenda-se que um especialista em saúde do trabalho avalie a situação e indique o intervalo ideal. Também é importante acompanhar a saúde do trabalhador.

3. Para quem lida com cargas

Há uma série de recomendações para trabalhadores que lidam com manuseio de carga. A primeira se refere ao limite, que deve ser de 18 kg de uma carga colocada no chão ou 25 kg de carga colocada em um plano a 75 cm do piso.

Além disso, o funcionário precisa ser orientado e supervisionado quanto à postura ao manipular a carga. Ela deve ser aproximada do corpo, o que facilita o transporte, mas nunca colocada sobre a cabeça.

O limite deve ser revisto quando a situação não for a ideal, como quando a carga deve ser pega longe do corpo ou de um lado só.

É fundamental que a empresa forneça equipamentos que facilitem a manipulação das cargas como alças, carrinhos, rampas e empilhadeiras. Eles são recomendados sempre que for necessário carregar os volumes por uma distância superior a 2 metros.

A melhor posição para trabalhar

Ficar sentado o tempo inteiro é um comportamento associado a danos na coluna, aumento de pressão sanguínea e até mesmo do risco de morte.

Por outro lado, ficar em pé o dia inteiro também pode causar problemas. Essa postura força ossos, articulações, tendões, músculos e ligamentos. Ocorre também a redução da circulação nas extremidades dos membros e acúmulo de sangue no pé ou tornozelos.

Por isso, a alternância entre as duas posições é a melhor opção para a saúde. Existem mesas que permitem o ajuste de uma pequena parte, elevando o teclado e a tela para possibilitar que o trabalhador execute suas atividades em pé durante o período que desejar.

Mesmo que a empresa não tenha esses dispositivos, é possível improvisar apoios para elevar os equipamentos, sempre levando em consideração a segurança para o colaborador.

Agora você já sabe quais são os principais cuidados com a ergonomia no trabalho. E a sua empresa, proporciona essas condições aos funcionários? De que formas ela contribui para o bem estar e a segurança deles?

Gostou do post? Então que tal compartilhar em suas redes sociais? Seus contatos também vão se interessar por essas informações!

Gostou do texto?

Deixe seu email e enviaremos todas as semanas novidades para você!

Confira também

IMPORTANTE: Devido ao grande número de perguntas similares no blog, estamos selecionando as melhores para responder. Sendo assim, sugerimos que você busque a resposta para a sua dúvida nos comentários antes de enviar sua pergunta. Obrigado!

Um comentário para “3 cuidados mais interessantes com a ergonomia no trabalho”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X Cadastre-se Faça seu cadastro e receba no seu email tudo sobre segurança no trabalho! Não enviaremos spam!